Como usar a psicologia das cores para o marketing digital?

Compartilhe:

Share on whatsapp
Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on email

A psicologia das cores é o estudo que mostra a forma como nosso cérebro identifica e transforma as cores em sensações. A influência das cores pode ser observada na publicidade, na decoração de casas e escritórios, na moda, na maneira como gostaríamos de ser vistos, entre outros.

Como usar a psicologia das cores para otimizar seu marketing online?

Escolha as melhores cores para fazer a sua campanha de marketing se destacar.

Escolher as cores em uma campanha de marketing é desafiador porque elas afetam cada uma das (aparentemente infinitas) etapas da comunicação — do branding à experiência de usuário.

A boa notícia é que você também pode contar com um forte componente intuitivo para ajudá-lo nessas escolhas.

Só que não se trata apenas da sua intuição ou gosto pessoal, e sim, da percepção de seu público-alvo. Por isso, vale a pena entender a fundo qual a influência da escolha das cores para o sucesso de uma campanha de marketing.

Como a teoria de Gestalt pode ser aplicada a escolha de cores

Sua estratégia de marketing pode se beneficiar — e muito — com o reconhecimento de padrões de comportamento visual em relação ao uso das cores.

Esses padrões são os fenômenos psicológicos nos quais o conceito de Gestalt se baseia — de forma simples, essa teoria analisa as ‘configurações’ psicológicas que fazemos através da organização de nossas percepções.

Psicologia das cores

Resumo da influência das cores em campanhas de marketing, com foco na cultura brasileira:

Amarelo – O amarelo é uma cor alegre e estimulante, especialmente em seus tons mais vibrantes. Por isso, é muito usada para atrair a atenção e até gerar impulsividade. Também pode ser associada à riqueza, pela aproximação com o dourado.

Laranja – Cor quente que transmite entusiasmo, criatividade e jovialidade. Também é usada para alertas e na ativação do sentido de urgência. O uso do laranja pode ‘aquecer’ sua comunicação e torná-la mais amigável. Dependendo do tom, a cor pode remeter à sensualidade e bom-gosto.

Vermelho – Cor intensa e energética, que pode tanto ser associada ao romantismo e paixão quanto à agressividade. O vermelho é uma cor de grande impacto visual e transmite força, confiança e excitação, além de estimular o senso de urgência e o apetite.

Azul – Cor muito utilizada em materiais corporativos por transmitir credibilidade, também pode ser considerada uma opção conservadora. Por ser uma cor fria, pode trazer sensações de frescor e também indicar um maior distanciamento.

Verde – Refrescância, tranquilidade, renovação, saúde e naturalidade são as principais sensações ativadas pelo verde. Em seus tons mais escuros, a cor é percebida como símbolo de riqueza, solidez e sorte. O verde costuma transmitir equilíbrio em um momento de decisão.

 

Dicas para acertar na escolha de cores da sua campanha

Ao elaborar designs para uma campanha de marketing, a escolha de cores também deve estar alinhada com os objetivos. Sua ideia é atrair, tornar o visual agradável para que a pessoa retenha as informações, gerar engajamento com a marca ou estimular uma determinada ação?

A percepção das cores pode ser algo inconsciente para seu público alvo, mas deve ser muito pensada antes que você coloque em prática a sua estratégia!

Faça uma “ 2 via “ da identidade visual

Vale a pena repensar os porquês de suas escolhas na composição da identidade visual da marca para elaborar uma campanha mais assertiva. Isso ajuda a manter os conceitos alinhados em cada etapa da estratégia de marketing.

Tendo isso em mente, você consegue ampliar a paleta de cores que ‘conversam’ com o seu branding. E, inclusive, você pode usar as novas cores para causar impactos diferentes quando desejar — sem perder sua conexão com os usuários que já reconhecem a marca.

 Mantenha a consistência na escolha de cores

Agora, você pode usar e abusar de suas ‘eleitas’ de diversas formas. Vale reforçar a identidade visual em suas redes sociais — através de filtros com uma tonalidade específica, por exemplo. Ou, então, trabalhar as cores com efeitos de sombras e brilhos em seus impressos.

Só não vale perder de vista a harmonia entre os materiais de sua campanha. Quanto mais fácil for a assimilação da cor na composição das mensagens, melhor será a identificação visual da marca e maior a eficiência de sua estratégia.

Assim como as tendências estão sempre se renovando, a forma com que as pessoas se relacionam com as cores também passa por diversas ‘atualizações’ e sofre influências culturais. Por isso é importante entender como essas informações visuais são reconhecidas pela mente e estar por dentro das novidades em termos de design.

Ao se aprofundar nesses processos, você passa a ter ferramentas para lidar melhor com as transformações na percepção do público-alvo de suas campanhas. E isso também contribui para consolidar a imagem da marca, através de uma ‘otimização’ do uso das cores.

Quer se alimentar de mais conteúdos super interessantes?

Acesse nosso blog!

Curtiu? Compartilha!

Alguém pode te agradecer. Toque abaixo para compartilhar

Share on whatsapp
Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Quem é Valbert Barbosa?

Quem é Valbert Barbosa?

Sou mercadólogo por carreira e apaixonado por gerar resultados com a melhor relação entre custo e benefício para o seu negócio. Já atendi centenas de clientes de diversos segmentos que precisavam aumentar suas vendas, em nosso Brasil. Também produzo outros conteúdos que farão toda a diferença no seu negócio! Confira clicando no botão abaixo.

+ Sobre mim